quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Cuidando-se no pós parto

Olá queridas,

O pós parto é um período que grandes transformações, no corpo da mulher, na sua relação com seu companheiro, familiares e consigo mesma. No centro disso tudo está a sua relação com o seu bebê, crescendo o amor a cada dia e iniciando uma relação forte e profunda.

Junto a isso, muitas visitas podem aparecer. Também pode haver filhos maiores querendo atenção, casa por limpar...chega! Respire fundo. Vamos conversar sobre dicas simples, muitas vocês já sabem, mas podem ter esquecido e o importante agora é CUIDAR-SE BEM para poder cuidar bem do seu bebê.

Antigamente se falava muito de fazer o "resguardo", o tempo passou ,mas ainda é uma dica valiosa. Trata-se de um período de 30 a 40 dias onde mulher fica sendo cuidada, resguardada de fazer esforço físico, podendo concentrar sua atenção ao bebê. Nesse resguardo pense em:

1- Quando o bebê dormir, aproveite para relaxar e dormir também. Deixe outras tarefas para depois, seu corpo precisa de sono para se recuperar e ter energia para cuidar do bebê.

2- Beba líquidos sempre que sentir sede, não demore a atendar seu corpo. Ajuda na amamentação e também para seu funcionamento intestinal.

3- Alimentar-se bem é fundamental, se possível 6 refeições ao dia para não passar grandes períodos sem comer nada. Lembre-se da "aeromoça" (texto mais abaixo), a mãe precisa estar bem alimentada porque gasta bastante energia (cuidar do bebê, amamentar e recuperar-se do parto). Dê muita atenção ao almoço, comendo alimentos bem nutritivos.Ah, lembre-se de comer alimentos com fibras, seu intestino agradece.

4- Evite fazer esforço físico. Peso só o do seu bebê.

5- Peça ajuda, principalmente para cuidados com a casa. Isso outras pessoas podem fazer por você.

6- Mesmo querendo cuidar 100% sozinha do seu bebê, não negue compartilhar com seu companheiro ou pedir ajuda. Você pode ser a principal cuidadora, mas às vezes vai precisar ir ao banheiro, comer tranquilamente ou mesmo dormir.

7- Tente achar um tempinho para conversar com seu companheiro sobre as mudanças na vida de vocês. Se for solteira, vale encontrar uma boa amiga ou familiar.

8- Valorize-se: você está fazendo algo muito importante !!!

9- Caminhar aos pouquinhos ajuda na recuperação do corpo.

10- Com as visitas: preocupe-se mais com você e seu bebê. Secretária eletrônica, alguém para ajudar a receber as visitas, avisar dias e horários adequados. Todos estão curiosos e felizes com o nascimento. Porém, sinta-se à vontade para deixar a sala para amamentar sozinha no quarto, avisar que está cansada, ficar com o bebê com você e não no colo de cada que vem visitar.

11- Tenha carinho pelas suas dúvidas e temores. Você não conhecia seu bebê, não é mesmo? Então, saiba que aos poucos você entenderá bem os seus choros e vontades, sua intuição estará cada vez mais aprimorada. Dê tempo ao tempo. Paciência consigo mesma, sem se culpar por não adivinhar o "manual do bebê".

12- Se precisar, busque ajuda profissional. O que importa é você sentir-se bem!

Um beijo bem grande.

2 comentários:

Beatriz Alquezar disse...

Oi Juliana,

Realmente é bem difícil este período, a adptação com o bb e a nova vida... sem contar que a gente se sente horrível com o corpo que ainda está voltando ao normal...

Bjos

Juliana - Apoio Materno disse...

Oi Beatriz,

São muitas mudanças ao mesmo tempo, não é!
Lembro que quando estava no meu primeiro pós parto ,uma amiga me recomendou que não me preocupasse com o corpo. Sei que é difícil. Mas ela estava certa. Em média levamos 2 anos nesse retorno. Amamentar ajuda muito a queimar calorias e fazer alguma atividade física. Também pensar que não somos mais as mesmas de antes e, portanto, essas mundanças físicas também expressam isso. No segundo pós parto eu já sabia como meu corpo ia reagir e aceitei mais facilmente a "barriguinha" (que na época não era nada pequena). Será que ajuda tentar olhar para nós mesmas sem muitas exigências, procurar perceber onde estamos masi bonitas?